Publicidade

Bebê milagroso acorda sorrindo após ficar em coma por sete meses

GERAL há 11 meses

Michael acordou depois dos médios reduzirem sua sedação e ele, imediatamente, sorriu para seu pai

A foto de um bebê sorrindo após acordar de um coma viralizou nas redes sociais. Michael Labuschangne ficou conhecido como ‘bebê milagroso‘, depois do pai tirar uma foto e postar nas redes sociais.

Recém-nascido sofreu parada cardíaca dormindo

De acordo com o site The Mirror, o bebê milagrosos foi levado às pressas para o hospital há sete meses, quando acordou sem fôlego, depois de sofrer uma parada cardíaca. O pequeno Michael Labuschangne tinha dez meses no incidente e, desde então, foi colocado em um coma induzido.

Emma, de 27 anos, contou que Michael foi dormir como qualquer outra criança quando tinha 14 semanas e às cinco horas da manhã sofreu uma insuficiência cardíaca.

“As palavras não podem descrever a dor que sentimos naquele momento. Nós assistimos nosso bebê sem fôlego, ofegando por ar enquanto seu coração parava e paramédicos trabalhavam para salvar sua vida”, contou a mãe do bebê milagroso.

Bebê milagroso ficou em coma por sete meses

Em seguida, completou que ela e seu marido se consideram abençoados, apesar da situação, porque apenas 7% dos pacientes que sofrem uma parada cardíaca fora do hospital sobrevivem.

Na época, os pais relembraram que os médicos afirmaram que o menino provavelmente nunca mais iria acordar. Porém, contrariando todas as probabilidades, o bebê milagroso acordou quando os médicos reduziram sua sedação. Imediatamente ele abriu os olhos e sorriu para o seu pai, Stuart.

Médicos descobriram tumor cardíaco raro

Depois do bebê milagroso acordar, os médicos fizeram diversos exames no menino e descobriram que ele tinha um tumor cardíaco raro e que precisaria de uma cirurgia. Os pais de Michael Labuschangne foram informados de que ele tinha um fibroma cardíaco anexado ao septo, dentro da câmara esquerda do coração.

O bebê recebeu um marcapasso depois de acordar do coma, o que infelizmente restringe o movimento do pequeno. Atualmente, ele é incapaz de se sentar ou apoiar sua própria cabeça.

“Colocar isso [marcapasso] dentro de um bebê é bastante desconfortável para eles, mas ele é incrível, você não saberia, olhando para ele, que ele está lutando contra issoEle é um bebê adorável – é difícil acreditar que ele está passando pelo que é. Ele é um milagre”, detalhou a mãe emocionada.

Pais criaram campanha para realizar cirurgia em bebê

Agora, os pais do pequeno estão tentando arrecadar o dinheiro necessário para o tratamento. Eles estimaram o valor em 120 mil libras. Segundo a mãe, o bebê milagroso precisa do tratamento em até seis meses.

A mãe criou uma página no GoFoundMe  para tentar arrecadar d inheiro para a cirurgia de Michael.

“Eles estão confiantes de que podem melhorar drasticamente ou até curar sua condição ressecando o tumorEles querem operar dentro de seis meses, já que seu coração será de bom tamanho”, concluiu Emma.


Publicidade

Receba nossa Newsletter
Informe seu e-mail para receber as nossas novidades em primeira mão.
2003-2020 Revista Leia Mais
Hospedagem GETCON | Site By wAdvice