Publicidade

Em meio à pandemia, dona de casa surpreende coletores de lixo com jantar...

BRASIL há 1 mês

A iniciativa de uma dona de casa que mora em Jundiaí (a 59 quilômetros de São Paulo) surpreendeu uma equipe de coletores de lixo, ontem à noite. Maria Miranda de Souza, a Dona Nina, 61, resolveu preparar um jantar fresquinho para oferecer aos trabalhadores.

No cardápio de comida caseira tinha arroz, feijão, estrogonofe de frango, farofa, ovo mexido, berinjela refogada, salsicha ao molho e pães. O menu foi acompanhado de suco de uva gelado, doce de leite para a sobremesa e um ingrediente todo especial: o respeito.

" "Os coletores têm um papel muito importante para todos nós. E tem muita gente que não enxerga o trabalho deles como deveria", desabafou ao UOL a dona de casa. A história começou na segunda-feira (27) quando a equipe passou recolhendo as sacolas nas lixeiras. "Perguntei se eles tinham horário de janta ou se dava tempo de comer. Eles disseram que como o tempo é apertado, faziam a jornada direto", lembra. Na rua em que a família mora no bairro Vila Rami, o caminhão passa três vezes na semana. Dias depois, Dona Nina teve um estalo: "Estava fazendo o jantar quando pensei em cozinhar a mais e servir pra eles" Foi então que Dona Nina pediu ajuda para a filha, mas sem revelar o motivo.

Só passou uma lista de ingredientes para que ela comprasse no supermercado. No horário de costume, a dona de casa foi até a calçada e chamou pelos trabalhadores. Ofereceu o banquete de comida simples. "Eu fiz com amor, foi de coração mesmo", disse

Devido a necessidade de distanciamento social em tempos de pandemia, Dona Nina montou a mesa na garagem de casa: "É que lá a circulação de ar é grande". Foi tudo preparado com carinho, apenas uma questão de segurança sanitária. Para deixar todo mundo à vontade, Dona Nina deixou 'os meninos' - como ela os chama carinhosamente - aproveitando o momento. "Eles ficaram surpresos, meio tímidos, mas ficaram muito agradecidos", conta Daniela Miranda, 30, que é uma das duas filhas da dona de casa. Bombou na internet O gesto de amor e respeito ao próximo viralizou na internet. É que a Daniela postou a foto dos convidados especiais no perfil dela no Facebook.

Já são dezenas de milhares de compartilhamentos. "Para nossa família ajudar ao próximo é algo que vem de berço. A gente fez no anonimato, por isso, jamais pensei que fosse repercutir tanto", afirmou ao UOL a analista fiscal. As mensagens de carinho e admiração pela iniciativa encheram o coração da família de orgulho. "Minha mãe nos ensinou que a fome é muito triste, então, não podemos negar comida a ninguém", diz Daniela que tem o hábito - ensinado pela Dona Nina - de sempre deixar comida e agasalho para doação dentro do carro. Não foi a primeira vez Mas se engana quem pensa que o jantar de Dona Nina foi algo isolado. Pelo contrário. Uma vez por semana ela prepara algum 'agradinho gastronômico' aos 'meninos coletores': "Sempre faço um bolo, um pudim e deixo na janela com um recado para eles". É a forma que a dona de casa tem para agradecer aos profissionais que mesmo diante da pandemia de covid-19 estão nas ruas prestando o serviço que é considerado essencial. "A gente vê que esses correm atrás, estão sempre trabalhando mesmo correndo o risco de pegar a doença. Não sei o que seria da gente se eles não existissem. São merecedores", finaliza Dona Nina.

 

Marcelo Casagrande


Publicidade

Receba nossa Newsletter
Informe seu e-mail para receber as nossas novidades em primeira mão.
2003-2020 Revista Leia Mais
Hospedagem GETCON | Site By wAdvice