Publicidade

Julho começa com frio intenso e formação de ciclone em Santa Catarina

SANTA CATARINA há 5 meses

Julho deve iniciar com temperaturas negativas em grande parte do Oeste de SC  – Foto: Wagner Urbano/Divulgação/ND

O mês de julho deve iniciar com dias de frio intenso em Santa Catarina, conforme alertou Defesa Civil. O frio será por causa da atuação de uma massa de ar polar a partir de quarta-feira (1º), se estendendo até o sábado (4).

Entre quinta-feira (2) e sexta-feira (3), as temperaturas mínimas podem ficar abaixo de 5 °C em grande parte do Oeste, com temperaturas negativas nas áreas serranas.

Há condições para formação de geada. Nas áreas litorâneas e Vale do Itajaí, o frio intensifica a partir da quinta-feira, com mínimas abaixo dos 10 °C. Destaca-se a baixa amplitude térmica, com sensação de frio durante a tarde, com máximas entre 10 °C a 20 °C.

Temporais

A Defesa Civil informou que há condições favoráveis para temporais entre a noite desta segunda-feira (29) e no decorrer de terça-feira (30), no Oeste catarinense.

Espera-se chuva de intensidade moderada a forte, acompanhada de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo nas regiões Oeste e no Extremo-Oeste.

Rajadas de ventos

A partir da manhã de terça-feira, a formação e a atuação de um ciclone extratropical na costa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina favorecem rajadas de ventos com forte intensidade. Os ventos com direção Noroeste/Oeste podem passar dos 90 km/h, segundo a Defesa Civil.

Já ao longo da quarta-feira, a direção predominante passa a ser Oeste e as rajadas devem atingir principalmente a faixa Centro-Leste do Estado com força acima de 100 km/h. Por causa dessa condição, a Defesa Civil não descarta a possibilidade de ocorrências associadas a vendavais.

Mar agitado e risco de ressaca

Há ainda a previsão de mar muito agitado e risco de ressaca a partir do início da manhã de terça-feira, na região costeira do Litoral Sul e Grande Florianópolis.

A região mais afetada, conforme a previsão, será o Litoral Sul o que resultará em ondas de direção Norte/Nordeste. Depois, haverá a formação de um ciclone extratropical com direção de Sul/Sudeste, quando a altura das ondas será entre 3,5 e 4 metros.

Cuidados com o frio:

  • Atenção com a população mais vulnerável (idosos, crianças, enfermos e moradores de rua);
  • Abrigue animais domésticos nas noites mais frias;
  • Procure se agasalhar bem e beber bastante água;
  • Evite locais fechados ou com aglomeração de pessoas e mantenha a higiene das mãos.

Cuidados com temporais e ventos:

  • Busque um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e de outros objetos que possam ser arremessados;
  • Em local abrigado, fique longe das janelas, desligue os aparelhos eletrônicos e lembre-se que o banheiro que alvenaria é um local muito seguro;
  • Na praia, jamais fique na água.

Cuidados com o mar agitado:

  • Atenção para edificações, infraestruturas e vias em áreas vulneráveis à erosão;
  • Proteja embarcações e apetrechos de pesca e maricultura;
  • Evite a navegação e a atividade de pesca;
  • Evite banhar-se no mar ou praticar esportes náuticos;
  • Evite caminhar ou pedalar na orla, caso as ondas estejam atingindo a ciclovia.
  • REDAÇÃO ND, FLORIANÓPOLIS



Receba nossa Newsletter
Informe seu e-mail para receber as nossas novidades em primeira mão.
2003-2020 Revista Leia Mais
Hospedagem GETCON | Site By wAdvice