Publicidade

Na rua com Bratz...

POLÍTICA EM JARAGUÁ DO SUL há 3 meses

Nossa intenção é falar da política de Jaraguá do Sul, como ela realmente é, sem ficar puxando para um lado ou para outro.

Estamos lançando este espaço como teste, para analisar a aceitação dos leitores e conferir qual foi a sua opinião sobre o assunto.

Procuraremos trabalhar no mínimo três vezes por semana, te deixando atualizado sobre a política local, sobre tudo que acontece no cenário político de Jaraguá do Sul.

Vamos começar?


Whatsapp I

Recebemos na manhã de hoje o registro da nota da coluna de um repórter da região falando da entrevista do Prefeito. 

Pela primeira vez observamos um posicionamento  consistente do Prefeito ao falar do seu vice, e há de se concordar que é necessário respeitar a hierarquia dos fatos,  ou seja o atual vice Prefeito, Udo Wagner  e do outro lado a pessoa que sempre apoiou o então Administrador da cidade  a Vereadora Natalia...

Mas, como sabemos até as convenções muitas coisas irão surgir.



Whatsapp II

Mas como a especulação em torno do nome do vice movimenta muito as redes de fofoca e apostas na cidade, também recebemos pelo zap uma nota falando dos possíveis nomes que já foram citados por um "meio de comunicação" da cidade...

Sabemos que querer ditar a política é o sonho de muitos, mas não é para qualquer um, já que nem os políticos que se dizem de carteirinha conseguem, imagina nós seres humanos comuns.


E como andam os partidos?

Fala-se muito em Alcides Pavanello como representante do PSD, porém me digam uma coisa: Qual a capacidade de votos dele?

Sim, porque para ser um bom vice, a pessoa precisa ter votos e sabemos que no PSD existem dois bons puxadores de votos Jair Pedri e Arlindo Rincos, sem desmerecer o Ronaldo Magal, mas os holofotes são todos da primeira dupla citada.


Pavanello I

Sua principal referência é a Schützenfest, porém se dependesse do mesmo, esta festa estaria na bancarrota total, quem reformulou a festa e deu um novo ar foi o ex responsável Marcelo Prochnow. Então não é bem assim, a tal referência.


Pavanello II

Se o Pavanello fosse tão bem quisto e querido pelos empresários da cidade, ele não teria dado conta e apoiado co maior expressão na oportunidade que foi candidato a Vice Prefeito na reeleição de Cecilia Konell?  Porque até então os votos dele não apareceram para computar na soma total na eleição de 2012.

Já que em 2008 Cecília Konell foi eleita prefeita de Jaraguá do Sul  com 31.015 votos, ou 39,38% da preferência do eleitorado. E em 2012  ela obteve 34,05% o que representou 29.182.

Ops... então ela perdeu voto com o vice? Ou o vice não puxou votos?

Essa matemática me deixou bem bratz da vida....


Depois dessa continuamos amanhã....



Publicidade

Receba nossa Newsletter
Informe seu e-mail para receber as nossas novidades em primeira mão.
2003-2020 Revista Leia Mais
Hospedagem GETCON | Site By wAdvice